Esqueceu sua senha? Está inadimplente? Consulte nossa política de anistia

Melanoma Cutâneo: você pode reconhecer os sinais

Introdução

O câncer de pele é o mais comum de todos os cânceres, e noventa por cento destes tumores são curáveis, desde que detectados precocemente. Para isto não são necessários exames sofisticados, sendo suficientes o auto-exame periódico e a visita ao seu médico. Portanto o câncer de pele é prevenível e curável.

O que é o câncer de pele:

O câncer de pele é uma condição maligna que começa com o crescimento excessivo e descontrolado de células anormais da pele. Os três principais tipos de câncer de pele são:

  • Carcinoma Basocelular;
  • Carcinoma Espinocelular;
  • Melanoma Maligno.

 

Quem pode ter câncer de pele?

Todos podem ter câncer de pele, porém as pessoas mais susceptíveis são:

  • Pessoas de pele clara;
  • Pessoas que se expõem ou se expuseram excessivamente ao sol;
  • Pessoas que têm antecedentes familiares de câncer de pele;
  • Pessoas que tiveram exposição prolongada a raio X, arsênico e outros agentes químicos.

 

Quais os sinais mais comuns do câncer de pele?

  • Elevação ou nódulo circunscrito e adquirido da pele que aumenta de tamanho e tem aparência perolada, translúcida, avermelhada ou escura.
  • Mancha que coça, arde, descama ou sangra.
  • Ferida que não cicatriza em 4 semanas.
  • Sinal que muda de cor, textura, tamanho, espessura ou contornos.

Características dos 3 principais cânceres de pele:

art03fig01Carcinoma Basocelular
Apresenta-se como um nódulo integro ou ulcerado, rosado ou translúcido, geralmente localizado na face, pescoço ou tórax. É o mais comum dos cânceres de pele, incidindo a partir dos 40 anos, em pessoas de pele clara.
É facilmente curável, desde que tem crescimento lento e raramente metastatiza.

 

art03fig02Carcinoma Espinocelular
Apresenta-se como um nódulo quase sempre ulcerado e crostoso, localizado geralmente na face, com preferência pelo lábio inferior.
É o segundo tipo mais comum de câncer de pele, e se não diagnosticado e tratado adequadamente, pode metastatizar.

 

art03fig03Melanoma Maligno
É o mais grave e temível dos cânceres de pele, porque metastatiza muito facilmente.
Apresenta-se quase sempre como uma lesão enegrecida, decorrente ou não de um “sinal” prévio.
Pode ser curado se o diagnóstico e tratamento forem instituídos o mais precocemente possível.

 

Saiba reconhecer algumas das seguintes indicações de transformação de um “SINAL” em melanoma:

Assimetria – uma metade diferente da outra.
Bordas irregulares – contorno mal definido.
Cor variável – várias cores numa mesma lesão: preta, castanha, branca, avermelhada ou azul.
Diâmetro – maior que 6 milímetros (correspondente ao diâmetro de um lápis).

Como detectar o câncer de pele precocemente?

O método mais simples é o auto-exame periódico a cada três meses, feito na seguinte sequência:

AUTO-EXAME

art03fig041. Num espelho, examine seu corpo, de frente, dos 2 lados, e atrás. Com os braços elevados, olhe cuidadosamente também os antebraços, axilas e mãos.

 

 

 

 

art03fig052. Olhe para suas pernas na frente e atrás, e observe seus pés em cima e embaixo. Não esqueça de examinar seus genitais.

 

 

 

 

art03fig063. Examine a parte de trás do pescoço e todo o couro cabeludo, usando um espelho de mão e um secador de cabelos.

 

 

 

 

art03fig074. Finalmente, examine as costas e a nádega, ainda usando o espelho de mão.

 

 

 

 

  • Mantenha-se alerta a qualquer mudança nos seus sinais ou
    aparecimento de novas lesões.
    Procure seu médico se tiver qualquer dúvida.

O câncer de pele tem cura?

Sim!! Noventa por cento dos cânceres de pele são totalmente curáveis desde que sejam detectados e tratados precocemente.

Como tratar o câncer de pele?

Os métodos comumente indicados para o tratamento do câncer de pele, nas suas fases iniciais, são os cirúrgicos, executados pelos médicos especialistas da área.

Como prevenir o câncer de pele?

A melhor maneira de prevenir o câncer de pele é a fotoproteção, desde que a exposição solar inadequada é um fator preponderante na sua indução.

  • Evite exposição solar entre as 10:00 e 15:00h.
  • Use creme fotoprotetor de FPS 15 ou mais, reaplique-o após suor intenso ou mergulho mesmo nos dias nublabos.
  • Complemente a proteção solar através de óculos de sol, camiseta, chapéu e guarda-sol.
  • Evite sempre o bronzeamento deliberado, seja através do sol ou de fontes artificiais de ultra-violeta. (Cabines de Bronzeamento).

 

Todas as recomendações anteriores devem ser iniciadas precocemente na infância.

Ensine a seus filhos o hábito da fotoproteção, pois os danos que levam
ao câncer de pele do adulto, iniciam-se na infância.

X