Esqueceu sua senha? Está inadimplente? Consulte nossa política de anistia

Primeira Reunião Científica de 2018 aborda melanoma in situ

A Reunião Científica do GBM de fevereiro abriu o calendário de eventos do grupo com um amplo debate sobre melanoma in situ. O encontro mensal, que reúne médicos de diversas especialidades para discutir aspectos relacionados ao melanoma, aconteceu no Golden Tulip Hotel, em São Paulo. “O tema desse encontro tem grande valor científico e é de extrema importância, principalmente em um país como o Brasil, onde se toma muito sol”, enfatizou o Dr. Flávio Cavarsan, presidente do GBM.

Foram cerca de 100 médicos presentes, entre especialistas da dermatologia, oncologia e patologia. Sob moderação da Beneficência Portuguesa, representada pelo Dr. Francisco Belfort, e do Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo, com a Dra. Selma Cernea, o evento contou com debates de temas importantes, como diagnósticos diferenciais do melanoma in situ, opções de tratamento e apresentação de casos com a interação da plateia.

O Dr. Vinicius Vasquez, cirurgião oncológico de Barretos (SP) apresentou seu caso sobre melanoma in situ de mucosas e relatou que o paciente fora alertado primeiramente por uma técnica de enfermagem, fazendo menção à campanha do Juntos Contra o Melanoma, criada no ano passado pelo GBM.

O melanoma de mucosas será, a propósito, o tema da próxima Reunião Científica do GBM. Desde o final do ano passado, as reuniões estão sob um formato diferente: a cada edição, novas instituições coordenadoras. Dessa vez, o AC Camargo Cancer Center e a Santa Casa de São Paulo irão conduzir o encontro, que acontecerá no dia 16 de junho. Anote na agenda!

Vídeos

Galeria de fotos

X