Câncer de pele tem tratamento

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Na semana passada, Vanderley Luxemburgo, técnico do time carioca Vasco da Gama, recebeu o diagnóstico de câncer de pele. Luxemburgo, de 67 anos, retirou três pintas do nariz e a biópsia indicou malignidade em uma delas. O próximo passo será um procedimento cirúrgico, para retirar o que ainda resta do tumor.⠀
⠀ ⠀
O câncer de pele é o tipo mais frequente no Brasil e no mundo e, dentre os fatores de risco, está a exposição prolongada ao sol. Para se prevenir, é preciso utilizar sempre proteção solar e evitar pegar sol nos horários de pico (entre 10h e 16h).⠀
⠀ ⠀
Na maioria dos casos de câncer não melanoma, tanto o prognóstico quanto a evolução do tumor são favoráveis, desde que, quando haja indicação de cirurgia, ela seja conduzida adequadamente por um especialista – cirurgião dermatológico, oncológico ou plástico.⠀

Leia também: